Houve uma época que o colágeno hidrolisado existia apenas em pó ou cápsulas.

Hoje ele está presente em vários produtos alimentícios, nos dando muitas oportunidades de consumi-lo e completar a dose diária necessária desse nutriente.

No meio de tantas possibilidades é fácil ficar perdida, sem saber a melhor forma de consumir ou mesmo para que serve o colágeno hidrolisado.

Vamos aqui ver as melhores formas de consumo e entender porque se preocupar em ingerir mais dessa substância.

Lendo esse artigo até o final você aprenderá:

  1. O que é o colágeno hidrolisado e para que ele serve;
  2. Quando tomar;
  3. Benefícios de fazer suplementação de colágeno;
  4. Contraindicações;
  5. Como tomar colágeno hidrolisado;
  6. Melhor marca, preço e onde comprar.

O que é e para que serve colágeno hidrolisado

O colágeno hidrolisado é uma proteína extraída dos ossos e cartilagens do boi após passar pelo processo de hidrólise.

Isso quer dizer que as moléculas da substância são quebradas pela água, resultando em uma forma da proteína mais absorvível pelo organismo.

Quando o colágeno é hidrolisado, ele é considerado um alimento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pode ser adicionado a produtos alimentícios.

Várias partes do corpo têm necessidade dessa proteína para funcionar bem.

Cartilagens e articulações devem ter certa flexibilidade que só o colágeno oferece.

Cabelos, unhas e pele também têm essa substância em sua composição para serem fortes, resistentes e brilhantes.

A pele se beneficia muito da presença do colágeno, ficando mais firme e sem flacidez.

Isso retarda e diminui o surgimento de marcas de expressão e amadurecimento.

Quando tomar

A partir dos 30 anos nossa produção de colágeno é reduzida e assim segue caindo de ritmo aos 40, 50, 60 anos...

Se você está próxima dos 30 é bom já fazer a suplementação do nutriente, mas se passou dessa idade, não se preocupe, você pode e deve começar a suplementação a qualquer momento.

Outro ponto a ser levado em conta é a ocorrência de problemas nas articulações que também torna necessário tomar o suplemento.

Se você tiver 20 e poucos anos, mas fuma, abusa de doces e da luz solar, se expõe muito a poluição e estresse; deve procurar ingerir colágeno também.

Todos esses são fatores que diminuem a produção de colágeno e comprometem a proteína já existente em seu corpo.

Benefícios da suplementação

Ajuda a emagrecer

Para ser consumido, o colágeno em pó deve ser diluído.

Ao ser ingerido causa saciedade, reduzindo e adiando a fome. O que ajuda muito a quem está sempre com aquela vontadezinha de comer (quem nunca?!).

E mais, como atua na pele, a proteína previne o surgimento de estrias durante o seu processo de emagrecimento.

Não engorda

Ingerir colágeno não engorda, não causa retenção de líquido e seu índice calórico é bem baixo. Quer saber mais? Leia: Será que tomar colágeno engorda?

Auxilia na cicatrização

O colágeno é a fibra dos tecidos. Quando há um corte na pele essas fibras são rompidas.

O papel do colágeno é juntar as bordas, com novas e fortes fibras de modo que a ferida não venha se abrir novamente.

Por essa razão a suplementação de colágeno hidrolisado auxilia numa melhor cicatrização de machucados e cirurgias.

Marcas de expressão? Pode ser falta de colágeno!

Veja um resumo dos benefícios diretos do colágeno hidrolisado:

  • Aumenta a firmeza e elasticidade da pele;
  • Previne e reduz celulites;
  • Evita estrias;
  • Previne rugas;
  • Fortalece o cabelo e unhas;
  • Retarda o envelhecimento;
  • Fortalece tendões e ligamentos;
  • Auxilia na cicatrização;
  • Melhora na construção muscular.

Contraindicações

É preciso ter em mente que o colágeno é uma proteína que o próprio corpo produz (para entender isso melhor leia esse meu artigo).

Fazer sua suplementação é ajudar o organismo com algo que ele já conhece.

Sendo assim, não há até o momento contraindicações para a ingestão de colágeno. Também não há limite de tempo para seu uso.

A única coisa que requer atenção é possíveis alergias aos componentes da fórmula do suplemento adquirido.

Como consumir

O colágeno hidrolisado, como falamos aqui, pode ser adicionado em vários produtos.

No mercado encontramos ele de diversas formas; puro, em pó ou cápsulas, ou ainda em alimentos como balas e bombons.

A vantagem de consumir esse formato é já matar aquela vontade de doce enquanto garante sua dose diária da proteína (e menos peso na consciência, né?!).

Veja a seguir mais informações sobre cada forma de suplemento:

Em pó: o conteúdo de um sachê de colágeno costuma apresentar a dose diária (10 g) necessária.

Pode ser diluído em água, sucos, chás, sopas, vitaminas, smoothies, leite ou iogurte.

Assim ele apresenta a vantagem de diminuir a fome, pois sua ingestão causa saciedade no estômago, aquela sensação de que não precisamos comer mais nada!

Cápsula: é uma opção para que não gosta do sabor do pó.

Dependendo do fabricante você terá que tomar até 12 cápsulas por dia para chegar a dose diária.

Por isso, ao final desse artigo indicamos o melhor colágeno para evitar esse problema.

Água aromatizada: outra possibilidade de consumo são as garrafinhas de água concentradas com colágeno.

Costumam conter em 300 ou 360 ml as 10g necessárias para o dia.

Bala: geralmente contém 1,5 grama de colágeno por unidade.

Apesar de pouco, auxilia na complementação para atingirmos a dose diária. E apresenta a vantagem de “passar” como um docinho.

Bombom: também tem pouco da proteína, servindo mais como uma sobremesa benéfica.

Granola e barra de cereais: da mesma forma que a bala e o bombom, servem para complementar a dose diária de colágeno.

Porém exigem o cuidado de buscar produtos sem ou com baixa dosagem de açúcar e corantes (substâncias que prejudicam a pele).

O colágeno hidrolisado pode ser consumido em qualquer momento do dia durante as refeições.

Ou seja, não há necessidade de tomá-lo apenas a noite ou em jejum. Lembrando: siga sempre as instruções que constam no rótulo do produto.

Ingerir a proteína com Vitamina C auxilia em sua fixação.

Para isso pode-se tomar a vitamina em forma de suplemento ou consumir frutas cítricas (laranja, abacaxi, tangerina, etc.) no momento em que você tomar o colágeno.

Existem ainda muitos alimentos que você pode ingerir que auxiliam na síntese e manutenção do colágeno pelo corpo. Veja 13 dicas sobre isso.

Melhor marca, preço e onde comprar

Levando em conta tudo que falamos aqui sobre as formas e truques para consumir melhor o colágeno hidrolisado pesquisei a fundo na internet qual marca atenderia todos ou o maior número possível de critérios.

Encontramos um! Sim, um salvou a pátria: o colágeno hidrolisado Renova 31. Também conhecido como Cola Egípcia ou Proteína Asiática. Vamos ver como ele atende aos nosso critérios:

  1. É hidrolisado: esse tipo é o melhor absorvido pelo organismo.
  2. Vem em cápsulas: praticidade e universalidade, com as cápsulas na bolsa você pode tomar em qualquer hora e lugar apenas com um copo d’água, não é necessário ficar diluindo em nada.
  3. Dosagem certa: com apenas duas cápsula por dia você já ingere as 10g necessárias.
  4. Contém vitamina C: como dito, alguns nutrientes são necessários na formação e manutenção do colágeno no corpo, o Renova 31 já vem com várias vitaminas e minerais.
  5. Melhor preço: o tratamento para um mês custa R$ 17,77. Aconselhamos a comprar no site oficial, assim você não corre o risco de comprar algo falsificado.
Renova 31 é a marca mais indicada em 2019.

E sua alimentação, como está? Está ingerindo colágeno corretamente?

Aliás, saiba que só ingerir colágeno não adianta muito quando nosso corpo não o está produzindo corretamente.

Mas, eu sei de 4 mensagens (que estão mais para ordens) que fazem seu corpo produzir mais dessa proteína. Clique aqui e descubra!

Até a próxima!